Tag Arquivos: finanças

Prev
Next

Dinheiro na mão é vendaval…

photo-1459257831348-f0cdd359235f

Certamente você já ouviu ou cantarolou esta música alguma vez né?!

Pois bem, vai um choque de realidade ai: Não é vendaval não!

Esta sensação do dinheiro não parar na carteira é porque estamos no automático e não nos damos conta de pequenos gastos que fazemos no dia a dia.

Proponho aqui um pequeno exercício: Durante um dia anotar tudo o que gasta. Vale ser no celular, no guardanapo do restaurante, papel de pão ou caderninho. O que conta é anotar.

Exemplos: Deu R$ 0,50 na sinaleira? Anota.

Não resistiu aos apelos de chocolate para o filho no bar da escola? Anota.

Estacionamento rotativo no centro da cidade? Anota.

Tinha feira orgânica na saída do banco e comprou moranguinhos? Anota também!

Cafezinho barato na padaria da esquina? Anota, anota e anota. Anota tudo.

Vale também guardar os tickets de pagamento pra ver se não esqueceu de nada.

No final do dia é só passar a régua, somar tudo e ver quanto voou, ou melhor, saiu da sua carteira. Se quiser ampliar esta noção de gastos, confere lá no extrato bancário se tem algum débito automático programado para o dia, ou aquelas tachinhas pequenas. Costumamos considerar apenas os boletos e contas maiores e por isso a sensação do dinheiro ir embora.

Para os “malucos” por Excel como eu: Coloca tudo numa planilha dinâmica, com gráficos coloridos que ilustram quanto, onde, em que e os horários dos gastos diários. Para os “normais”: é só usar a calculadora ou a cabeça mesmo.

Este é apenas um exercício que se for fácil pra você pode ser feito por uma semana ou até mesmo um mês (é chato fazer direitinho por muito tempo). Depois de uma semana seu cérebro já estará mais crítico em relação aos pequenos gastos e as saídas de dinheiro passam a não ser mais tão automáticas.

Este exercício é parte do planejamento financeiro que pode ser feito em várias etapas, mas isoladamente ajuda a criar a consciência dos pequenos gastos e a formatar a cultura crítica do querer gastar ou não. A decisão de gastar sempre será sua e de grão em grão… Ops! Este ditado já é assunto pra um outro dia.

;)

EE Colunista Caren Jacques da Silva

EE-Colunistas-aviso-geral

18 nov 2016

Prev
Next

Um olho no peixe outro no gato!

 

Vida de empreendedor é assim mesmo: olhar atento a tudo que rodeia. É concentração de gestão, tudo em um, responsabilidade total, qualidade total e iniciativa total. Não existe culpados, mérito ou desculpas que não partam do próprio empreendedor.

Na área financeira as coisas seguem na mesma ordem. Normalmente é a área menos delegada por envolver informações sigilosas, mas como nem todo mundo tem familiaridade ou gosta do tema, as finanças viram uma caixa de surpresas nem sempre positivas.

A ideia aqui é falar que dinheiro é bom e administrá-lo pode ser simples.

Que dinheiro é bom todo mundo sabe, mas que a relação com ele pode ser simples nem todo mundo sabe ainda. Em tempos de economia diferente muito se fala de forma negativa, mas o dinheiro como todos os outros recursos se bem administrados se ajustam ao sistema.

Falaremos neste espaço sobre vários assuntos financeiros e principalmente sobre controle nas finanças. Infelizmente, tudo o que não é medido ou controlado corre a revelia e o resultado pode ser devastador. Felizmente, podemos controlar as finanças de formas fáceis com um pouquinho de organização e boa vontade. Dinheiro é muito bom e saber o que fazemos com ele é ainda melhor.

Atenção! Quando o assunto é dinheiro: Um olho no peixe e outro no gato!

EE Colunista Caren Jacques da SilvaEE-Colunistas-aviso-geral

05 out 2016

Prev
Next

Vamos planejar 2016 juntas?!

Preparamos um workshop para mulheres que desejam fazer acontecer em 2016! Porque não é 2016 que tem que ser diferente, é você!

Que tal passar a limpo branding pessoal, finanças e propósito de vida com a ajuda de especialistas em cada área? Vem com a gente fazer um 2016 melhor!

Data: 24 de fevereiro
Horário: 18:30hs às 22:00
Investimento: 149,00 via pagseguro ou depósito (envie um email para contato@entreelasnh.com.br e te enviaremos os dados da conta para depósito ou o link para pagamento via pagseguro)
Local: Blend Coworking

Acesse o evento e saiba mais: https://www.facebook.com/events/148860095488729/

Arte-completa-curso-2016--email-e-impressao

11 jan 2016

Prev
Next

Vamos planejar 2016 juntas?! Porque não é 2016 que tem que ser diferente, é você!

Arte-completa-curso-2016 -email e impressao

Workshop para mulheres

Data: 02 de dezembro

Horário: 18:30hs às 22:00

Investimento: 149,00 via pagseguro ou depósito.

Local: Blend Coworking – Rua Domingos de Almeida, 338, centro, Novo Hamburgo.

24 nov 2015

Prev
Next

Mas afinal, que crise é essa?

imagem3

No ano de 2015 dos negócio e finanças só se ouve falar em CRISE. Mas afinal, que crise é essa?

O governo brasileiro já vem abalado há tempos, mas não cabe aqui neste espaço discutirmos sobre política. Cada pessoa tem suas escolhas e suas posições políticas que devem ser respeitadas. Mas tirando a crise da política, o que nos sobra? Os negócios.

Sou empreendedora há três anos, participo de grupos de jovens empreendedores, e conheço os não tão jovens também. Convivo com donos de grandes empresas, empresas médias e pequenas, e não vejo ninguém desistir, mesmo na tal crise.

Abrir um negócio nunca foi fácil. Sabe-se que é preciso investir dinheiro e muito tempo nos primeiros anos, sabe-se que o retorno não é garantido, e nem aparece no tempo que imaginamos, e sabe-se, também, que todos que empreendem estão atrás de um sonho, o que envolve muita determinação.

O que vejo nesta crise não são portas fechando, e sim, oportunidades escondidas nas mentes dos empreendedores e empresários. O receio do que será dos negócios, acabou paralisando muitos, mas o que encontramos são as tais portas encostadas, espiando o que virá.

Especialistas econômicos falam que 2015 já passou, e não há esperança, os otimistas falam que o setor melhorará em 2016, e os pessimistas dizem que só em 2017. Mas e nós, empreendedoras, o que faremos até lá?! Negócios.

Vamos continuar inovando, vamos continuar em busca dos nossos sonhos, e vamos continuar, principalmente, realizando networkings, o que neste caso será a solução para nossos casos. Quanto mais pessoas vocês conhecerem, e mais pensarem em possibilidades para seus negócios, melhor sairão da crise. E ninguém entende mais de crise que nós mulheres, não é mesmo?!

EE-Colunista-Luana-Martins

 

18 ago 2015

Prev
Next

Vamos organizar nossas finanças?

be16d856c348e4292aeb0d1caf613530

Na pequena “pesquisa” sugerida no artigo do mês de abril (leia aqui) eu lancei algumas questões para refletirmos em como lidamos com o nosso dinheiro, porque às vezes, na correria do dia a dia não paramos para pensar sobre este assunto.

Pode-se perceber que a maioria das mulheres até tenta anotar e organizar as despesas, mas isso acaba caindo por terra do decorrer do mês. Assim como até tentamos guardar dinheiro, mas as promoções no shopping acabam sendo irresistíveis. O planejamento das compras é só para a lista do supermercado ou para as compras de maior valor. E quem resiste a um bom parcelamento no cartão de crédito?

Pois é, cuidar das nossas finanças pessoais é fundamental tanto para a saúde financeira, obviamente, tanto para a nossa saúde mental, afinal que não fica nervosa quando entra no vermelho?!

Culturalmente a mulher tem o estigma de ser consumista e de não saber controlar o dinheiro, mas isso já mudou muito (ainda bem) e continua mudando. Com algumas atitudes simples podemos melhorar e facilitar ainda mais este processo, olha só:

- Faça um planejamento dos seus gastos e das suas receitas. O fluxo de caixa é uma ótima ferramenta para isso.

- Controle seus impulsos consumistas. Na hora de comprar pense se realmente você precisa daquele item, mesmo que ele esteja suuuuuuper em conta.

- Viva de acordo com as suas possibilidades.

- Cuidado com os juros, informe-se sobre a taxa e juros se a compra for parcelada, a taxa do cartão de crédito, do cheque especial e também quando precisar fazer algum empréstimo.

- Economize, adquira o hábito de não gastar tudo que recebe.

- Informe-se antes de resolver fazer algum investimento, avalie as possibilidades, os prós e os contras.

- Sabem aqueles pequenos valores do dia a dia, os R$ 10,00 daqui, os R$ 5,00 dali? Pois é, não os despreze, no final do mês a soma desses pequenos valores pode ser significativa.

Claro que tem outras práticas que podem ser adotadas, porém, é necessário dar o primeiro passo e criar o hábito de se organizar financeiramente. De nada adianta começar um planejamento e uma mudança de comportamento em relação ao dinheiro, se não incluirmos isso na nossa rotina. Combinado?

EE-Colunista-12-Gabriele-Rech

24 jun 2015

Prev
Next

Mulheres X Dinheiro

Sabemos que nós, mulheres, estamos ocupando nosso espaço no mercado de trabalho e adquirindo cada vez mais cedo à independência financeira. Mas como lidamos com o dinheiro? Será que somos realmente tão consumistas como dizem por aí?

Ao invés de responder essas perguntas, criei um formulário rápido com algumas questões para pensarmos.

Acesse o link http://goo.gl/forms/HLDAkZ5keB e responda as questões propostas. É bem rapidinho e você não precisa se identificar.

No próximo artigo falaremos sobre o resultado e darei algumas dicas sobre como controlar nossas finanças!

Beijos e até a próxima!

EE-Colunista-12-Gabriele-Rech

17 abr 2015