Tag Arquivos: Empoderamento

Prev
Next

Por que nosso pensamento multiconectado vale ouro

Imagem site entre elas empreendedorismo feminino 05

Faz algum tempo que eu assisti a um vídeo no Youtube com um trecho da apresentação tipo stand-up comedy do humorista Mark Gungor, onde ele explica a diferença entre o cérebro feminino e o masculino. Ele começa a falar sobre isto nos 16 min de vídeo.

Apesar de ser uma piada, faz todo sentido. Ele explica que o cérebro do homem é formado por caixas criteriosamente divididas por temas. Tem então a caixa da mulher, da família, do cliente, da mãe, da empresa, do futebol, etc. E um detalhe importante: as caixas não se tocam jamais. Sendo assim, os homens tratam do conteúdo de uma caixa por vez. Resolveu uma caixa? Ela é fechada e eles partem para outra.

Uma caixa por vez, de forma linear, pontual e objetiva. Assim, a caixa que corresponde ao trabalho, onde está rolando maior stress e cobranças não vai interferir no encontro com a namorada à noite, por exemplo.

Já o cérebro feminino é formado por um enorme rolo de fios que se configuram como um novelo e conectam simplesmente tudo a tudo.  O stress do trabalho está ligado ao cartão de crédito que remete à briga em casa, que leva à conversa que está agendada na coach, que inspira uma ideia para resolver a briga em casa e um problema de trabalho, seguindo para a roupa que precisa usar no próximo evento social. A nossa rede de conexões nos permite percorrer todo um ‘universo’ em segundos.

Apesar de meia machista a piada, ela é realmente engraçada e tem muita verdade.

Ele diz que a mulher precisa falar mais, pois precisa explicar todas as conexões.  E para um homem, quando um evento acontece, categorizam como um “evento”. Já para nós, não é só um evento, mas todos os detalhes conectados com o evento.  Isto explica muita coisa! O feminino se revela através da emoção, do sentir, da negociação, da contemplação, dos relacionamentos, da afetividade.

Sendo assim temos o cérebro-caixa vesus o cérebro-novelo. No mundo corporativo, tanto como colaboradora, como dona, fala-se nos últimos anos sobre a importância e do destaque da presença feminina, justamente pelo cérebro-novelo.

A crise econômica acelerou o processo de mudança e aumentou a demanda por mão de obra feminina, uma vez que as mulheres ão mais flexíveis e adaptam-se melhor a mudança.  Somos multitarefas sim, como já ouvimos falar há muito tempo por aí, por conta do nosso cérebro-novelo, somos sensíveis, aptas a nos conectar e gerenciar ambientes flexíveis, formamos empresas mais matriciais e menos hierárquicas.

Hoje temos cada vez mais a valorização do indivíduo, sua qualidade de vida, seus interesses, seus sonhos. Tudo isso é fruto desta revolução silenciosa vinda através desta força feminina.

O poder do feminino nas organizações é fator primordial para o sucesso de pessoas, empresas, nações e negócios. Aqueles que conseguem trabalhar estas forças de modo sensato e positivo, extraindo o melhor de cada uma, sem dúvida estarão muito a frente no caminho do sucesso.

O ideal, seja homem ou mulher é, observar e praticar a objetividade do universo masculino, mas ter a sensibilidade do universo feminino para saber o momento de ceder, recuar ou avançar ainda mais.

No mundo corporativo do século 21, com a era digital, nosso pensamento multiconectado vale ouro.  Melhor para nós e nossos cérebros-novelo, que conetam tudo com tudo.

EE Colunista Manu DamascenoEE-Colunistas-aviso-geral

14 fev 2017

Prev
Next

Dinheiro na mão é vendaval…

photo-1459257831348-f0cdd359235f

Certamente você já ouviu ou cantarolou esta música alguma vez né?!

Pois bem, vai um choque de realidade ai: Não é vendaval não!

Esta sensação do dinheiro não parar na carteira é porque estamos no automático e não nos damos conta de pequenos gastos que fazemos no dia a dia.

Proponho aqui um pequeno exercício: Durante um dia anotar tudo o que gasta. Vale ser no celular, no guardanapo do restaurante, papel de pão ou caderninho. O que conta é anotar.

Exemplos: Deu R$ 0,50 na sinaleira? Anota.

Não resistiu aos apelos de chocolate para o filho no bar da escola? Anota.

Estacionamento rotativo no centro da cidade? Anota.

Tinha feira orgânica na saída do banco e comprou moranguinhos? Anota também!

Cafezinho barato na padaria da esquina? Anota, anota e anota. Anota tudo.

Vale também guardar os tickets de pagamento pra ver se não esqueceu de nada.

No final do dia é só passar a régua, somar tudo e ver quanto voou, ou melhor, saiu da sua carteira. Se quiser ampliar esta noção de gastos, confere lá no extrato bancário se tem algum débito automático programado para o dia, ou aquelas tachinhas pequenas. Costumamos considerar apenas os boletos e contas maiores e por isso a sensação do dinheiro ir embora.

Para os “malucos” por Excel como eu: Coloca tudo numa planilha dinâmica, com gráficos coloridos que ilustram quanto, onde, em que e os horários dos gastos diários. Para os “normais”: é só usar a calculadora ou a cabeça mesmo.

Este é apenas um exercício que se for fácil pra você pode ser feito por uma semana ou até mesmo um mês (é chato fazer direitinho por muito tempo). Depois de uma semana seu cérebro já estará mais crítico em relação aos pequenos gastos e as saídas de dinheiro passam a não ser mais tão automáticas.

Este exercício é parte do planejamento financeiro que pode ser feito em várias etapas, mas isoladamente ajuda a criar a consciência dos pequenos gastos e a formatar a cultura crítica do querer gastar ou não. A decisão de gastar sempre será sua e de grão em grão… Ops! Este ditado já é assunto pra um outro dia.

;)

EE Colunista Caren Jacques da Silva

EE-Colunistas-aviso-geral

18 nov 2016

Prev
Next

Empreendedorismo feminino é empoderamento

Pensar e gerir negócios próprios significa lutar por espaços de relevância na sociedade

Apesar das dificuldades, o empreendedorismo feminino é uma realidade que cresce a cada dia. Conforme pesquisa feita pela Serasa Experian, líder na América Latina em serviços de informações para empresas, 59% das mulheres empreendedoras fazem parte do grupo denominado “donos de negócios”, que significa pequenos e médios empresários, enquanto que 11% estão no grupo “elites brasileiras”, que representam adultos acima dos 30 anos, com alta escolaridade e com padrão de vida elevado.

Vivemos em uma cultura onde não se encoraja as mulheres a colocarem em prática suas ideais de negócio e lançarem seus esforços no universo empresarial. Por muito tempo nos limitaram a cargos de menor importância, salários menores em relação aos dos homens e poucas oportunidades de crescimento dentro de uma empresa.

Para nós, empreender significa muito mais do que iniciar um negócio. É o momento de lutarmos por direitos igualitários entre gêneros. Foi com esse mesmo pensamento que em julho de 2010 a Assembleia Geral da ONU criou a ONU Mulheres, a entidade das Nações Unidas para Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres. Segundo consta no site oficial, “a igualdade de gênero não é apenas um direito humano básico, mas a sua concretização tem enormes implicações socioeconômicas. Empoderar as mulheres impulsiona economias mais prósperas, estimulando a produtividade e o crescimento”.

Quando penso nessas importantes questões de empoderamento, costumo buscar figuras femininas que nos representem com força na sociedade, nos mais diversos segmentos, como Anita Garibaldi no post anterior. Além dela, vejo também em Martha Medeiros um exemplo de sucesso na literatura. A autora gaúcha, formada em Comunicação Social, lançou inúmeros best-sellers ao longo da carreira, incluindo o romance Divã, que já vendeu mais de 50 mil exemplares, além de virar peça de teatro. Martha tem grande visibilidade como colunista dos jornais Zero Hora e O Globo.

Independentemente do setor, é importante observar mulheres alcançando espaços de relevância na sociedade, pois afirma a nossa luta diária por igualdade.

texto01Martha

EE-Colunista-Scheron-Dilkin

EE-Colunistas-aviso-geral

22 set 2016

Prev
Next

História Empreendedora: Aline Taís da Rosa da PetPapá

MVF_6067

Aline e sua mãe Maria da Graça.

Nunca se falou tanto em viver com mais qualidade e isto inclui nossa alimentação, e quando o assunto são nossos pets, já paramos para pensar que eles também podem manter uma dieta mais saudável com comida natural pensada para eles? Eu nunca!

Foi pensando em levar saúde e bem-estar para nossos amigos de quatro patas, que a PetPapá começou a produzir comida natural congelada para cães e gatos.

Empreender demanda medos, insegurança e muita coragem. E foi exatamente este caminho de coragem que a Aline, junto com a sua mãe Graça e, outro sócio, vem trilhando desde 2013, quando ela teve a ideia de criar a PetPapá e abandonou um emprego seguro para empreender.

A Aline contou em sua palestra no Entre Elas de maio, que teve uma caminhada turbulenta, com burocracia, pois seu tipo de empreendimento é do segmento de alimentação, dificuldades por falta de inexperiência em empreender, e claro, de investimentos. Mas junto com a escolha de empreender vieram os benefícios, como flexibilidade de horários e trabalhar com paixão, pois como ela destacou todo esforço e trabalho é para você, é seu!

MVF_6357

E todo serviço pesado, noites mal dormidas e obstáculos valem a pena? É só ver uma foto de um antes e depois dos animais que a PetPapá atende. Vários bichinhos com problemas de saúde, que em meses estão super melhores, com uma vida mais saudável e feliz.

A PetPapá conta com 3 sócios e uma colaboradora e, estão crescendo na região, além de terem chamado atenção de vários veículos de comunicação, uma vez, que nunca se procurou tanto proporcionar bem-estar aos animais de estimação, seja com a moda ou com produtos específicos para eles viverem melhor.

E para finalizar a Aline compartilhou o que ela considera importante na hora de empreender, e o que ela já faria diferente se começasse empreender hoje: ter capital de giro, estudar sempre, registrar sua marca, cuidar para separar amizade e negócios na hora de contratar, legalizar o negócio, pesquisar o mercado para fazer diferente, ter pessoas certas para ajudar e acelerar o negócio e manter tudo documentado – eu anotei as dicas, e você?!

Nossa próxima história empreendedora será dia 21 de Setembro, reserva a data!

manu damasceno entre elas NH

21 jul 2016

Prev
Next

Encontro Entre Elas Maio – Você compra seu ingresso e leva sua mãe junto!!!

O Encontro do Entre Elas de maio acontece dia 11, a partir das 19h, na Ftec NH.

E, em comemoração ao Dia Das Mães, você compra seu ingresso para o evento de maio e poderá levar a sua mãe junto, sem custo nenhum, para curtir o Encontro do Entre Elas com você! Isto vale para mãe biológica, adotiva ou mãe do coração (no caso de criação por avó ou tia).

A História Empreendedora será com a equipe da PetPapá, Maria da Graça Rõnnau e Aline Taís da Rosa, empresa especializada em comida natural congelada para cães e gatos – proporcionando saúde e bem-estar para nossos amigos de quatro patas.

EntreElas-MAIO-2016-he

E a palestra da noite será: O poder do Hábito com Helena S. Schmidt, Coach certificada ACC (Associate Certified Coach) pela ICF – International Coaching Federation, com mais de 350 horas de atendimento. Trabalha na área de desenvolvimento humano desde 2010, criando projetos únicos para cada cliente dentro de uma gama de serviços. Formada em Administração de Empresas e Marketing pela University of Miami, Helena morou dez anos nos Estados Unidos, agregando experiências diferenciadas, assim como a fluência em Inglês e Espanhol. Retornando ao Brasil, trabalhou por cinco anos na área financeira e internacional da empresa da família, quando então iniciou sua carreira em desenvolvimento humano. Hoje soma estas vivências às várias formações na área, incluindo coaching na Erickson College – Canadá, “From Generation to Generation” Harvard – EUA, analista de Perfil PI®, facilitadora do processo de Imunidade a Mudança (Minds at Work – Harvard), especialista em Terapia Sistêmica Familiar, integrante do comitê de Governança Corporativa da ACI-NH, entre outras, atendendo empresas familiares, empreendedores, e pessoas físicas com o mesmo foco: criar um projeto único de desenvolvimento para cada cliente. No presente momento, Helena é uma dos cinco coaches certificados pela ICF no Rio Grande do Sul.

EntreElas-MAIO-2016-palestra

Confira o vídeo que Helena Schmidt para contar um pouco sobre o que vai abordar na palestra:

Após, teremos o sorteio de presentes, o momento de networking com um delicioso coffee.

Venha preparada para se inspirar, adquirir conhecimento, se empoderar e conhecer mulheres incríveis. E, não esqueça, traga seus cartões de visita para o momento de networking.

Como acontece:
19:00 – Welcome Coffee
19:30 – História Empreendedora
20:15 – Palestra
21:15 – Sorteios + Momento Networking + Coffee Delicioso
22:00 – Encerramento

Data: 11/05
Horário: 19h às 21h45m
Local: Ftec (Rua Silveira Martins,780, Centro – Novo Hamburgo)

CHAMADA INGRESSO SITE

EE-Colunista-03

 

 

19 abr 2016

Prev
Next

Empoderamento e controle

 

Tenho estado em diversos ambientes onde empoderamento é sem dúvidas uma palavra da vez. Não sei se motivado pelo mês da mulher mas esse termo está latente aqui e ali.

Fico feliz que nos grupos mais diversos esse conceito tem se disseminado e criando raiz. É a mulher que se empodera da própria condição de mudar a realidade, é o profissional que se empodera de mudar o rumo da própria carreira, enfim, é sempre o oprimido que se empodera contra o opressor.

Acho esse movimento próprio de uma geração que não aguarda, que precisa e faz agora. E acho fantástico que todos os contextos onde encontro discussões sobre empoderamento ele vem apimentado com expressões como liberdade, propósito, essência e valores. E não poderia ser diferente, empoderar-se significa abraçar todas essas palavras e suas implicações práticas e tocar ficha.

Porém, outro ponto comum nesses ambientes de discussão é o ponto de vista “oprimido – opressor”. Ou seja: vamos nos empoderar (nós oprimidos vamos nos empoderar). Mas será que saberemos lidar com o empoderamento alheio quando estivermos do outro lado? O do opressor? Porque há de ser honesto, mesmo quem não é declaradamente opressivo pode ter, vez ou outra, comportamentos opressores (mesmo que involuntariamente). Não somos anjos, somos fruto da sociedade. Se somos 99% anjo, aquele 1% pode sim, oprimir alguém.

Onde eu quero chegar é na seguinte questão: mesmo estando cientes da necessidade de haver empoderamento na sociedade, e que empoderamento é o oposto de controle, vamos saber lidar com o empoderamento alheio?Vamos saber largar o controle para que o outro assuma o poder sobre si? Estamos nos preparando para isso?

Quando nossos filhos se empoderarem, quando nossos funcionários se empoderarem, quando nossos maridos se empoderarem, quando nossos sócios se empoderarem, vamos saber largar o controle e acolher esse empoderamento com generosidade e auto estima?

Vamos estar empoderadas o suficiente para que o empoderamento alheio não nos oprima?

EE-Colunista-Malu-Leitão

EE-Colunistas-aviso-geral

23 mar 2016

Prev
Next

Escolhendo nossos looks para o primeiro Encontro do ano na Rabusch

Hoje nossa equipe foi escolher um look, na loja de Novo Hamburgo da Rabush, para o nosso primeiro Encontro do ano que acontece dia 09/03, às 19h, na Ftec. Uma das empresas apoiadoras do projeto Entre Elas, a Rabusch tem loja climatizada, som ambiente e vendedoras super atenciosas. Super recomendamos! Entre tantas opções maravilhosas foi difícil escolher um só! ❤❤❤

2f75a22b-9ef6-4d3e-b0a0-d21407a5a17c

EE-Colunista-03

02 mar 2016

Prev
Next

Encontro Entre Elas Março – primeiro do ano!

EntreElas-save-the-date-março-2016

Nosso primeiro Encontro do ano já tem data e local marcados, dia 09 de Março, às 19h, na Ftec! ♥

Venha conferir a História Empreendedora da equipe do “O Amor é Simples” – um projeto que promove a simplicidade e valoriza o amor. O Amor É Simples é um ecommerce de vestidos de noivas, com uma proposta inovadora e dentro da tendência online.

E a palestra da noite será “Liderança feminina – Desenvolva um modelo de liderança segura e com características femininas” com Mileine Vargas.

Após, teremos o sorteio de presentes e o momento de networking com um delicioso coffee. Venha preparada para se inspirar, adquirir conhecimento, se empoderar e conhecer mulheres incríveis. E, não esqueça, traga seus cartões de visita para o momento de networking.

EntreElas-março-2016-01

Como acontece:
19:00 – Welcome Coffee
19:30 – História Empreendedora
20:15 – Palestra
21:15 – Sorteios + Momento Networking + Coffee Delicioso
22:00 – Encerramento

Este mês teremos a PROMOÇÃO em comemoração ao MÊS DA MULHER – porque JUNTAS VAMOS MAIS LONGE!
Em comemoração ao Mês da Mulher, a participante que levar duas amigas pagantes ganha 1 ingresso (pessoal e intransferível) para curtir junto com suas amigas o primeiro Encontro do ano do Entre Ela. Para aproveitar esta oportunidade basta adquirir o ingresso na opção de compra: Leve 3 pague 2

Data: 09/03
Horário: 19h às 21h45min
Local: Ftec (Rua Silveira Martins,780, Centro – Novo Hamburgo)

CHAMADA INGRESSO SITE

EE-Colunista-03

12 fev 2016

Prev
Next

Encontro Entre Elas Novembro

12049203_609632232509539_1224324444950602760_n

O que esperar do Entre Elas de fim de ano?
5 Palestrantes
Mais de 70 mulheres
Empresárias de toda região
Participações de renome do cenário gaúcho
Alavancar sua vida profissional e pessoal

O que será apresentado?
Muita inspiração para você ter atitudes que impulsionam e programam ações empreendedoras
Pilares do empoderamento
Como despertar auto estima
Panorama do empreendedorismo feminino

O que está incluído?
As palestras
Crachá personalizado
2 Coffee Break
Foto Pessoal
Mesa de cartões para fomentar o networking
Divulgação da sua empresa posteriormente no site do Entre Elas*
Mimos
Sorteios

*Será feito um post com a listagem de todas empresas das participantes, posteriormente no Site do Entre Elas, com dados para contato.

GARANTA SEU INGRESSO AQUI: http://tinyurl.com/EntreElasNovembro

EntreElas-2015-nov-programação-completa

A Babi Souza do projeto Vamos juntas? vai estar no Entre Elas falando do projeto e trazendo muita coisa legal para nos inspirar, refletirmos e porque não, agir?!

EntreElas-2015-nov-boas-vindas

Auto estima para carreira, para vida, para empreender em você com Gabriela Dawson!

EntreElas-2015-nov-fast-session

E o painel de debate que vai tratar sobre empreendedorismo e empoderamento feminino com:

EntreElas-2015-nov-PAINEL

Não perca! Este será nosso último encontro de 2015. Será um evento para você fechar o ano com chave de ouro e iniciar 2016 com inspiração e boas ideias!

Data: 11.11.2015

Horário: das 18h às 21:45

Local: Ftec NH (Rua Silveira Martins 780, centro, Novo Hamburgo)

GARANTA SEU INGRESSO AQUI: http://tinyurl.com/EntreElasNovembro

 

EE-Colunista-03

 

06 nov 2015

Prev
Next

Confira como foi a 3ª Edição do Mercado Entre Elas – Edição Primavera

Aconteceu, no último sábado, 03, na Ftec NH, o Mercado Entre Elas – que em sua terceira edição foi em comemoração a Primavera. O Mercado Entre Elas é um bazar de artesãs e artistas criativas e independentes (sem revendas e representantes), que ofereçam produtos ou serviços, com propósito de movimentar e incentivar o negócio local, desenvolvendo e apoiando a cultura empreendedora e as pessoas que ♥ o que fazem.

Muitas mulheres encontram na economia criativa uma forma de empoderamento e expansão de sua liberdade. E o mais incrível é que a criatividade gera desenvolvimento para todo o país. Por isso criamos o Mercado Entre Elas, para fomentar o empreendedorismo criativo feminino e de quebra, contribuir para o empoderamento das mulheres.

Confira mais fotos no nosso álbum no Facebook.

Confira o resultado do sorteio do Ingresso para o Encontro de Novembro do Entre Elas.

09 out 2015

parceiros